• Quem Somos
  • Blog
  • Pesquisar
    Close this search box.
topo-blog

Seguros para usinas fotovoltaicas exigem atenção às cláusulas referentes à cobertura de perda de aluguel

Uma das maiores missões de um consultor de seguros é vender a melhor proteção para o seu cliente. E isso só é possível se ele conhecer as características de cada tipo de negócio. Um desafio recente da equipe da Alfa Real é entender profundamente o funcionamento de uma usina fotovoltaica – um tipo de empreendimento que tem crescido muito no Brasil.

Nesse modelo de negócio, o empreendedor constrói a usina e a aluga para um ou vários clientes, os quais se beneficiam de uma conta de luz menor. Ao longo dos anos isso gera uma economia considerável. Para garantir o compromisso firmado com seus clientes e a sustentabilidade financeira do seu negócio, o empreendedor busca o seguro para minimizar as perdas decorrentes de um possível acidente. Usualmente, a modalidade contratada é o Seguro de Riscos Diversos – Equipamentos.

Quais as coberturas básicas e adicionais do Seguro de Riscos Diversos – Equipamentos para usinas fotovoltaicas?

Assim como qualquer outro, o Seguro de Riscos Diversos – Equipamentos tem uma cobertura básica e outras adicionais:

  • Básica de quaisquer acidentes de causa externa. Geralmente fixa-se sublimites de indenização menores para vendaval.
  • Adicionais de Danos Elétricos, Incêndio, Raio/Explosão e Roubo. Também com sublimites para danos elétricos e
  • Adicional de Perda ou Pagamento de Aluguel: também há sublimitação de valor de indenização e de prazo (até seis meses).

Ocorre que muitas apólices só preveem a indenização de perda de aluguel se o sinistro decorrer exclusivamente da cobertura básica. Ou seja, se a causa for dano elétrico, incêndio, raio/explosão ou roubo, não há indenização.

Isso é muito ruim para o segurado: no caso de um incêndio, por exemplo, ele pode ficar sem receita até que a usina possa voltar a gerar energia.

Como garantir a cobertura de perda de aluguel para quaisquer acidentes em usinas fotovoltaicas, independentemente do fator gerador?

É essencial negociar com a seguradora a indenização de perda de aluguel inclusive para sinistros decorrentes das coberturas adicionais. Caso contrário, o segurado terá que arcar com esse prejuízo. Outra consequência disso é a perda da credibilidade desse tipo de proteção e também da nossa, consultores de seguros.

A Alfa Real aumentou significativamente o seu portfólio de clientes do mercado de geração distribuída, incluindo usinas fotovoltaicas, o que lhe tem garantido um grande aprendizado e a certeza de que seguro é assunto para profissionais experientes.

Como o consultor de seguros pode ajudar a proteger melhor o investimento feito em usinas fotovoltaicas?

  1. Identificar adequadamente os riscos;
  2. Dimensionar esses riscos: frequência, severidade e exposição temporal;
  3. Especificar o melhor desenho de proteção/seguro a partir desse diagnóstico: coberturas, limites de indenização, franquias e clausulados;
  4. Identificar a melhor relação custo x benefício entre as propostas de seguro colhidas no mercado: nem sempre o melhor preço representa a melhor proposta;
  5. Sugerir medidas de controle dos fatores de riscos para o cliente, porque, por melhor que seja qualquer seguro, não há reparação para todos os prejuízos envolvidos em um sinistro. Por exemplo, a perda de cliente e de credibilidade junto ao mercado para uma usina fotovoltaica que pegou fogo e demorou um ano para voltar à atividade.